quarta-feira, 7 de agosto de 2013

1ª Entrevista com ex-atletas e/ou pessoas que fazem parte da história do Sport Club Gararu.


Getúlio Tenório Vieira Oliveira, mais conhecido como Getúlio de Passarinho, ex-atleta do Sport Club Gararu que até hoje se orgulha de ter participado da história do clube, segundo ele, “o futebol em Gararu era pobre em recursos, mas muito rico em qualidade dos jogadores”. Getúlio fala com muito orgulho da sua passagem como jogador do clube que já era comandado por Geraldo Vieira de Melo, que posteriormente tornou o S. C. Gararu em clube profissional, segundo Getúlio, Geraldo buscava dar as melhores condições aos jogadores, o Gararu sempre tinha o melhor material esportivo e disse que além de Presidente ele era também o treinador da equipe, aquela época, ainda amador, o S. C. Gararu jogava, geralmente, uma partida aqui em nossa cidade e outra na do visitante e fazia festa na cidade, pois era a grande diversão que existia no município.

Pergunta – O que você lembra de quando você começou a jogar no S. C. Gararu?

Getúlio - Quando eu comecei o campo da cidade era o melhor da região, mas não tinha um gramado tão bom como agora e o futebol era muito pobre em recursos, mas rico na qualidade dos jogadores, Gararu tinha o melhor campo e o melhor time da região.

Pergunta - Você lembra de alguns atletas do time quando você começou a jogar?

Getúlio - Lembro sim, tinha Caibeira, Hugo, João Luiz, Wolney Brito, Flauberto, Jânio de Mirabel, Juraci, Carlinhos de Neide, era um time muito bom!

Pergunta - Quando você começou a jogar, quem comandava o time?

Getúlio - O presidente era Geraldo, do começo ao fim foi Geraldo, o saudoso
Geraldo Vieira de Melo.

Pergunta - Quais os jogos que você guarda na lembrança, jogos inesquecíveis?

Getúlio – São muitos, todos os jogos que a gente fazia eram muito bons, mas sempre tem os que marcam mais, como foi o jogo contra o time de Porto da Folha, que por causa desse jogo, o goleiro deles ficou com o apelido de Catorze até hoje, porque a gente deu uma goleada de 14 X 01. Tinha os jogos contra o Barcelona de Itabí, que era muito disputado, mas da última vez que a gente jogou com eles, a gente ganhou e nunca mais eles jogaram, acabaram o time, eles vieram aqui e empataram o jogo em 01 X 01 e quando a gente foi pra lá a gente ganhou por 04 X 01 e eu fiz um gol aqui foi meu, e na partida de volta os gols foram meu, de Marinho Hermes e Simões.

Pergunta – Getúlio você chegou a contar quantos gols você fez na carreira?

Getúlio – Eu contei até 70 gols, depois parei de contar, a gente que jogou amador não tinha muito interesse em ficar somando os gols que fazia.

Pergunta – Você participou apenas do chamado 1º quadro do Gararu?

Getúlio – Não joguei no 2º quadro e também no mirim, que o treinador era João de Vovô.

Pergunta – Quais eram os times que jogavam contra o S. C. Gararu?

Getúlio – Tinha muitos, Nossa Senhora de Lourdes, Itabi, Porto da Folha, Propriá, Pov. Passagem em Neópolis, Pão de Açúcar/AL, Traipú/AL, São Braz/AL, sempre tinha jogo, era a alegria da cidade, todo mundo gostava, apoiava e ia ver os jogos, era uma festa em Gararu.

Pergunta – O time era todo de jogadores de Gararu?

Getúlio - Não, Geraldo trazia jogadores de fora, Jacozinho e Henágio foram os mais famosos, mas sempre vinha jogador de fora.

Pergunta - Como vocês ficavam sabendo da escala para os jogos?

Getúlio - Ah! Geraldo colocava as camisas pendurava as camisas da gente na sede, que era a antiga Farmácia de Roberto, ai a gente sabia que jogava, ficava todo mundo esperando a hora que ele ia colocar as camisas penduradas.

Pergunta - O que representou o Gararu para a nossa cidade?

Getúlio - Era muito importante, era uma festa, quando o time ia jogar todo mundo da cidade ia assistir, iam assistir até os treinos e quando a gente ia jogar fora saia um ônibus cheio de torcedores, era a maior diversão que existia para a cidade.

Pergunta - E o que você apoia a volta do Gararu?

Getúlio - Com certeza, é preciso ter alguma coisa na cidade, o esporte ajuda a todo mundo, o futebol em nossa cidade tem tradição, é preciso que a gente tenha o nosso time, o Gararu é um pedaço da história de nosso município.

Pergunta – Getúlio, gostaria que você escalasse o melhor time que você jogou na sua época do S. C. Gararu.

Getúlio – Zé de Vita, Hugo, Finado Ferreira e João Luiz, Santana, Hermes e Simões, Enágio, Juraci, Getúlio e Marinho.


Agradecemos a atenção que o Sr. Getúlio teve, a boa vontade em nos passar essas informações, que são de grande importância na remontagem do S. C. Gararu.








 

Créditos: Carlos José Hora Dantas  

Um comentário:

  1. Rapaz: Esse blog é muito importante para reviver a história da cidade.
    Estão de parabéns. Recordar é viver!
    Quem se lembra do passado, vive o presente e planeja o futuro
    PARABÉNS POVO DE GARARU

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget